sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

0

Uma palavra inicial!

Olá amigos,
Enquanto organizo alguns estudos ficarei postando as mensagens sempre edificantes do meu amigo Hagton do UMBET.


“Agora, porém, me alegro, não porque vocês foram entristecidos, mas porque a tristeza os levou ao arrependimento. Pois vocês se entristeceram como Deus desejava, e de forma alguma foram prejudicados por nossa causa. A tristeza segundo Deus não produz remorso, mas sim um arrependimento que leva à salvação, e a tristeza segundo o mundo produz morte”
II Coríntios 7.9-10 NVI (Nova Versão Internacional)

Da tristeza para Alegria!


Você já entristeceu alguém? Por qual motivo, você se lembra? Facilmente entendemos que esse “entristecer” tem um sentido destrutivo, mas sabia que nem sempre tem esse mesmo caráter? Às vezes entristecermos alguém com a simples revelação de verdades pessoais, mas com o propósito de causar nas pessoas um desejo de mudança. Percebe? Esse tipo de “tristeza”, produz crescimento. O que você provoca nas pessoas é danoso ou tem um caráter amoroso? Seja sincero!

Devo admitir que num primeiro instante não soa muito bem essa idéia de que Deus quer nos entristecer. E pensamos assim, porque não procuramos ver o real motivo pelo qual Ele permite esse tipo de “sentimento” em nós. Deus quer que tenhamos a pura “consciência do pecado” em nossa vida (entristecer de Deus) para que também tenhamos a pura consciência da salvação (alegria plena em Jesus). Deus quer que vejamos que viver segundo esse mundo decaído produz tristeza mortal para todos. Esse tipo de tristeza não está em harmonia com o propósito dEle, pois produz morte. Entende a diferença?

Paulo ressaltava nestes versículos que todas as duras orientações da carta tinham por objetivo provocar no leitor o desejo de “arrepender-se”, ou seja, desviar-se do pecado. Arrepender-se é uma decisão pura de obediência a Deus. O apóstolo tenta mostrar-nos que devemos nos arrepender de pecados ainda remanescentes a fim de que experimentemos dia-a-dia um crescimento em Deus, vivendo verdadeiramente a salvação eterna que há em Cristo Jesus que ora aceitamos. Veja, da tristeza (arrependimento) para a verdadeira Alegria (salvação em Cristo).

A Palavra de Deus produz em você alguma “tristeza”? Seu coração queima quando você olha no espelho que é a Palavra de Deus? Saiba que em muitos essa “tristeza” é motivo para rejeitarem se alimentar das Escrituras? O que ainda não perceberam, é que essa “tristeza”, produzida pela Palavra de Deus, verdadeiramente liberta o homem, ainda que através de profundas dores! Por isso fica o desafio à sua vida. “Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará”. Lembre-se que não aceitar essa oportunidade, é optar por uma tristeza eterna de uma vida sem Deus. Busque crescer no Senhor e experimente uma verdadeira e completa Alegria. Pense nisto.

Boa S e x t a

Hagton


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Todos os direitos reservados à Duanny Jorge. Tecnologia do Blogger.