segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

0

Você realmente quer?

Por Hagton;


Agora, completem a obra, para que a forte disposição de realizá-la seja igualada pelo zêlo em concluí-la, de acordo com os bens que vocês possuem (IICo.8.11, NVI)


Outro dia ouvi numa palestra que dizia que a inteligência é muito importante, mas ela não é suficiente para resolver os desafios do dia-a-dia. Ele disse que “a inteligência é como um farol que ilumina seu caminho, mas que não te faz caminhar”. Bonito não é mesmo?




Aqui percebemos que o glamour da “inteligência” já se foi. Isso é tão verdade que foi decretado o fim da “burrice”. Isso mesmo! A ciência parece reconhecer a diversidade de caminhos onde o intelecto humano pode trilhar e se desenvolver. Quem domina matemática e não se sai bem em português, não pode ser menos ou mais inteligente do que outros de habilidades diferentes. Percebe? A inteligência não é mais o único parâmetro!


Se a capacidade intelectual de uma pessoa que não é suficiente para se tomar decisões, então o que é suficiente no ser humano para tais “definição”, posicionamentos? É a Vontade!


Num primeiro instante parece ser complicado aceitar essa “submissão” do intelecto à vontade humana, mas isso é real! Isso para mim esclarece muitas coisas, como por exemplo, a decisão em andar com Deus.


Pouco tempo atrás, descobriram que há uma Inteligência Emocional nas pessoas! Observou-se que as emoções impactam com muito mais peso as decisões do que a inteligência. E aqui está o grande problema, pois o emocional atua diretamente na “vontade”. Você já viu algum emocionado se comprometendo com coisas que nitidamente não tem condições de levar adiante, não é verdade? Não seria você esse “emocionado”?


No versículo de hoje, Paulo adverte os cristãos de Corinto sobre a importância de se ter o coração convicto. A vontade, quando é motivada pela verdade e não simplesmente fruto das emoções, leva o homem a cumprir aquilo que realmente tem valor. A Vontade genuína faz o homem caminhar, é o que o impulsiona.


Tudo na vida precisa de “vontade” para que seja realizada, inclusive o caminhar com Deus. É preciso “querer”! Reavalie hoje se a sua vida com Deus não é apenas resultado das emoções. Verifique pela suas atitudes se realmente você “quer” tem um relacionamento com Ele através de Cristo. Seus comportamentos expressam esse querer”? Isso revelará verdadeiro comprometimento. Pense nisto.


Boa Segunda

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Todos os direitos reservados à Duanny Jorge. Tecnologia do Blogger.