Escola Bíblica Discipulado

Venha estudar conosco a Verdade para a sua vida. Visão Holística. Todos os domingos as 10h na Comunidade Vida - Sede. Av. Castelo Branco, 466, São Francisco São Luís - MA - Brasil. Contato: (98) 3268-9378

Visão Holística do Livro de Romanos

A Epístola aos Romanos, é o sexto livro do Novo Testamento. É a primeira e a mais longa das Epístolas Paulinas, e é considerada a epístola com o "mais importante legado teológico".

Transformados pelo Espírito Santo

O Espírito Santo é que produz a salvação e a santificação no seu coração, pois Ele só fala de Jesus e revela o caráter de Deus a você (Romanos 5:5). É Ele quem dá intimidade com Deus. Adora-lO é obedece-lO.

Na caverna eu redescobri o meu refúgio!

Faça de Deus o seu refúgio! Deixe que Deus, não Saul, o cerque. Deixe que Ele seja o centro da sua vontade. Deixe enfim, que Ele seja o teto que proteje o ambiente da luz do sol, as paredes que detêm o vento, o alicerce sobre o qual você está.

As pedradas da vida

É no deserto das nossas vidas que Deus nos mostra o quão Ele é poderoso para fazer infinitamente mais! Neste artigo, encaro a difícil questão: Porque pessoas tão próximas são capazes de nos apedrejar?

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

0

Restaurando o Altar

Domingo eu fui impactado pelo poder da palavra proferida pelo servo de Deus Clóvis Cabalau. O tema: Restaurando o Altar. A pergunta: como está o seu altar diante de Deus? Meu Deus... como essa palavra falou ao meu coração. Coisas do Espírito Santo.
Usando a holisticidade bíblica, o pastor enfatizou 3 homens de Deus que antes de qualquer coisas levantaram um altar ao Senhor. O primeiro foi Noé que ao sair da Arca ele erigiu um altar de adoração (altar de espera). O segundo foi Abraão que no cume do monte obedeceu ao Senhor a tal ponto de doar o filho da promessa (Isaque). O terceiro homem de Deus foi Elias, que numa disputa com os seguidores de Baal chamou o povo o restaurou o altar.
Aprofundando um pouco mais nas ricas palavras do pastor, chamo os amados irmãos leitores deste humilde blog, a refletir sobre esta temática.
O livro de Esdras e Neemias falam de restauração. Restauração é um dos temas básicos da Bíblia. Em Jesus, Deus restaurou a criação caída. Na sua primeira vinda a igreja gloriosa quase foi formada. Mas logo entraram declínio e apostasia, e por isso precisamos novamente de restauração antes da segunda vinda de Cristo. Se temos uma visão do Reino  de Deus, procuraremos fazer parte do processo de restauração que ele está realizando hoje.
A passagem de Esdras 3.1-6 fala exatamente da restauração do altar. As coisas de Deus são organizadas; nada é por acaso. A primeira coisa que os filhos de Israel foram dirigidos a fazer foi levantar o altar. Do nosso ponto de vista, as coisas deveriam ser diferentes. Primeiro levantaríamos os muros para nos proteger dos inimigos, depois faríamos a casa, e por último o altar. Mas na ordem de Deus construíram primeiro o altar, depois lançaram os alicerces da casa e a edificaram (com dificuldade e uma interrupção de 16 anos) e finalmente na geração seguinte é que levantaram os muros. Vemos que a obra de restauração requer paciência.
O altar, então, deve ser levantado antes de construir a casa, pois será uma proteção melhor contra os inimigos do que os muros. Depois do altar, poderemos construir a casa, formar a cidade e estabelecer o reino.
O pastor colocou de forma primordial que a obra principal de Elias (considerado o profeta da restauração) foi restaurar o altar do Senhor (1 Rs 18.30), o lugar da adoração. Depois do dilúvio a primeira coisa que Noé fez foi levantar um altar ao Senhor – para começar tudo de novo (Gn 8.20). 
Mas o que é a restauração do altar?
Pegando o gancho desse servo de Deus digo que o altar é o local de morte. É ali que nossa vida é colocada como um sacrifício para Deus. No altar nós morremos para as nossas próprias convicções, vontades, desejos, expectativas, etc... No altar morremos para a nossa vida a fim de podermos viver uma nova vida para com Deus. No altar tem fim o velho homem. O desejo do coração do Eterno é que, após termos um verdadeiro encontro com Ele, possamos verdadeiramente morrer. Nunca esqueço de um certo irmão que convocou todos os seus amigos mudanos para o seu enterro... era o dia do seu batismo, onde o velho homem iria morrer para o mundo! 
Quando o sacrifício queimava, subia um cheiro que se desprendia da vítima! E é isso que Deus espera, que quando nossa vida for a Ele oferecida, possamos liberar um cheiro suave a fim de agradarmos ao Senhor!
Assim queimarás todo o carneiro sobre o altar; é um holocausto para o Senhor, cheiro suave; uma oferta queimada ao Senhor (Êx 29:18).
A ação principal de Elias, o profeta que representa restauração, foi restaurar o altar do Senhor. A primeira iniciativa de Zorobabel, Neemias e Esdras ao voltarem da Babilônia para construir a casa de Deus foi levantar o altar. 
Sem uma posição definida de ouvir a voz de Deus e depender inteiramente dela, nada de valor pode ser realizado na obra de Deus.
Aqui na terra Jesus vivia numa posição de total dependência em Deus. Não fazia nada sem ver o Pai fazê-lo primeiro. A base de sua vida era uma posição de incessante comunhão com Deus – e isso é o altar. 
É a restauração do homem. Deus restaura o homem da queda e do pecado, justificando-o, santificando-o e glorificando-o. Ressuscita-o de entre os mortos. Dá-lhe corpo novo, revestido de incorruptibilidade e de imortalidade (1 Co 15.53). Torna-o igual a Jesus Cristo (Rm 8.29-30; 2 Co 3.18; Fp 3.20-21; 1 Jo 3.2).
O que significa restaurar o altar?
Significa restaurar a comunhão com Deus e com o seu povo, a Igreja. É uma recuperação daquilo que está esquecido, obscurecido. A restauração repara nossa vida espiritual. Restaura o nosso fervor, nosso ânimo e nossa paixão pelo Senhor e pelas coisas do Reino.
A função principal da igreja hoje é expressar Deus ao mundo através de sua vida e ações. Mas para isso ela necessita urgentemente ouvir a voz de Deus numa base contínua e permanente. Como isto poderá acontecer? Através do altar.
Obrigado meu Deus por tudo que tens feito por mim.
Soli Deo Gloria! 

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

0

Amigo Secreto


Tudo pronto para aquela brincadeira do Amigo Secreto ?
É interessante e divertido quando é possivel trocar mensagens de incentivo, ânimo durante esta brincadeira. Permitir que o outro procure descobrir quem é o autor dos recados, dos presentes.
Mas o que você fará com o Inimigo Secreto?  Ele nunca é convidado para as festas, mas é sempre o primeiro a chegar. Em nome da alegria e descontração ele traz a “... prostituição, a impureza, a lascívia,  a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos,  as invejas, as bebedeiras, as orgias, e coisas semelhantes a estas...”  (Gálatas 5:19-21). Esse é o presente desse inimigo conhecido como natureza pecaminosa pois não está sob o divino. A família quer se reunir para festejar com alegria e logo se vê às voltas com todas essas expressões da natureza humana pecaminosa.
Agora o verdadeiro amigo secreto é aquele que durante todo o ano soprou esperança viva no seu coração sem que você percebesse. É Ele que faz você lembrar não só do amor de Deus através de Jesus mas também da santidade divina. É Ele que conduz sua fé a Cristo Jesus. É Ele que derrama o amor de Deus em Seu coração.
O Espírito Santo de Deus é seu verdadeiro amigo secreto. Ele não fala de si mesmo, mas procura firmar no seu coração tudo o que Deus fala (João 16:13). Vamos não O entristeça, não O apague. Ele é o selo divino para sua reconciliação com Deus. Deixe-se guiar por Ele e você será Filho de Deus. Só com Ele seu Natal será bom. Só com Ele você tem condições de ser uma pessoa melhor, acessivel, humana a partir deste Natal.
Experimente!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

2

Projeto Missy *

Sim. Eu li o livro “A Cabana” de William P.Young – o canadense formado em Religião em Oregon, nos Estados Unidos. Ao encontrar minha pastora fui surpreendido pelo modo como ela descreveu o livro para mim. Na verdade sempre gostei de debater com amigos livros que de certa forma nos tocam...
Numa das idas a Brasília comprei-o numa dessas bancas de aeroporto no que devorei em apenas 4 leituras...
Foi um livro diferente de todas as leituras que eu já havia feito. A cabana me sugou em suas linhas, de modo que eu tive que reler capítulos inteiros, para compreendê-los melhor, tal foi o modo como fiquei envolvido. Terminei de ler semana passada, hospedado no Praia Mar Hotel olhando aquele lindo por-do-sol na ponta da areia na minha São Luís... nossa como Deus quer ter um relacionamento conosco!
Falar de Deus é uma tarefa fácil e difícil. Entender a Santíssima Trindade, a Imagem dissipada pelas Instituições que o próprio homem criou, o amor incondicional, uma submissão inexistente, o respeito onipresente, a importância dada às nossas escolhas, a falta de expectativa nos filhos, apenas amando-os pelo que eles são em si mesmos...
Tudo abrange muito mistério e pude me deparar com muitos de meus medos e minhas dúvidas ao longo do livro. Sem dúvida, enriqueci muito em espírito depois de sua leitura.
Costumo fazer apologia aos livros que leio e acredito que guardam segredos e lições que poderiam servir de base para outras pessoas. "Se o conhecimento tendesse a ser egoísta e morrer em si mesmo, não faria sentido existirem professores" já diria um grande amigo meu. E muita gente pode ser professor, para decepção do meu pai... É uma questão de ponto de vista, Sr. Jorgimar!
* O Projeto Missy é perpetuado por um grupo de leitores que “se sentiram tocados por A Cabana e estão convencidos de que este livro merece ser lido pelo maior número de pessoas possíveis”. Aqui, estou fazendo minha parte.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

0

Sorria!

Sorriso é coisa que não se deve poupar, mesmo com dor, pois um sorriso pode ser uma luz no infinito para alguém que está perdido, para alguém que nunca teve um carinho, para quem nunca soube o que é sorrir, mesmo com dor... o sorriso é o vento levando a tempestade para longe...
Angela Marta Camargo Casemiro


Olá queridos! Confesso que estou com dificuldades em postar as mensagens diárias... mas peço a compreensão de todos... logo, logo irá passar essa terrível fase da minha vida.
Parece um paradoxo, mas nos momentos que estamos passando por dificuldades é que devemos sorrir. Afinal de contas, temos muitos motivos para sorrir. É só mudar o foco, o seu olhar... deixe de olhar para o seu problema e fixe os seus olhos em Jesus... aí você vai perceber o quanto a vida é bela. Glória a Deus!
A letra e o vídeo logo abaixo falam por si mesmas... reflita e viva a frase: "Sorria Jesus te ama!"


quinta-feira, 26 de agosto de 2010

2

Porque Jesus dobrou o lenço que cobria a Sua face?

Olá queridos, 
Antes de tudo peço desculpas a todos por ter deixado tanto tempo sem as postagens diárias como é de costume. É que passei alguns dias fora de São Luís... de férias... estava mesmo precisando amados, foi de Deus! Sinto-me renovado e pronto para novos desafios.
O que irei relatar, na verdade repassar para os irmãos, foi um e-mail que recebi bastante interessante que mostra um pouco os costumes hebraicos do tempo em que o nosso Senhor Jesus Cristo se fez carne e habitou entre nós.
Já fiz referência sobre este texto no Seminário "Visão Holística da Bíblia", mas aqui quero relatar no seu inteiro teor e chamar atenção para a importância de conhecermos os costumes e a cultura bíblica.
...

terça-feira, 10 de agosto de 2010

0

Mudanças com Deus


Recebi um e-mail relatando a história verídica do Sr. Tramontina, o homem que fundou a empresa que leva o seu nome e no final da história dizia:
"Geralmente as mudanças são vistas como adversidades. As adversidades podem  ser bênçãos. As crises estão cheias de oportunidades. Se alguém lhe bloquear a porta, não gaste energia com o confronto, procure as janelas. Lembre-se da sabedoria da água: 'A água nunca discute com seus obstáculos, mas os contorna'. Que a sua vida seja cheia de vitórias, não importa se são grandes ou pequenas, o importante é comemorar cada uma delas. Quando você quiser saber o seu valor, procure pessoas capazes de entender seus medos e fracassos e, acima de tudo, reconhecer suas virtudes."
Facilmente você e eu  pensamos em mudanças no que não está nos dando satisfação. No entanto descobrimos o medo, o desconforto quando surgem mudanças no que está indo bem, no que não nos dá problemas.

Se você compra um carro, já sabe que precisará melhorar a garagem, e os dispositivos de segurança, e maior atenção ao andar nas ruas e estradas. Logo você descobre que sua rotina, seus valores, seus cuidados exigem esforços extras. As mudanças exigem o exercício da criatividade para buscar novos caminhos e preservar novos valores. A mudança cria paradigmas que resultará em um momento de transição. 
Imagine agora se Deus, o Criador, estabelece uma parceria com você, uma simples pessoa e que você aceita. Esse relacionamento, sem dúvida trará mudanças em cada esfera da sua vida. Quem pensa que andar com Deus serve apenas para resolver o que anda mal, na vida, logo percebe que as mudanças não param e por vezes nem passam por ali. No entanto cada mudança que você vai efetuando para “combinar” atitudes e valores com Esta presença Divina na sua vida, coloca você em um “caminho” de intimidade com o Criador ou talvez de distância maior.
Falo uma vez mais que a religiosidade serve apenas para engessar o relacionamento vivo com Deus, substituindo por rituais rotineiros (Mateus 15:8-9).  As mudanças agradáveis ou não, nos desafiam a viver, buscar novos caminhos, a desenvolver novos valores, nos levando para além dos muros da transição.
As mudanças são como que provas, testes na sua capacidade criativa. São nessas mudanças que se mostram quais valores você realmente preserva e não apenas as que são aparentes. (Lucas 6:47-49)
Seguir a Jesus, colocando Seus valores e promessas na prática de decisões, não só lhe dará intimidade como Deus, como lhe permitirá viver de maneira nova aqui.
Não tema! Faça das mudanças na sua vida a oportunidade para conhecer o Deus seguindo a Cristo Jesus ressurreto.

Seu conservo em Cristo,
Duanny Jorge

quarta-feira, 21 de julho de 2010

1

A linha de chegada está há um passo!


Ouvir certa vez do Pr. Mário Porto, no prólogo da sua pregação, que muitos desistem quando estão há um passo da linha de chegada. Por essa frase eu passei a refletir sobre vários aspectos. Sinto vontade de dizer aos meus queridos e amados leitores deste humilde blog que NÃO DESISTA!
Quando você desiste você perde, sua família perde, amigos e conhecidos também perdem! Não desista de praticar o bem (Gálatas 6:9)! Apesar de sermos maus, sabemos praticar o bem (Mateus 7:11).
Ouça com calma! Talvez seja a última mensagem que você receba antes de entregar tudo e se retirar. Vamos! Não abandone este sonho de justiça, aquele plano de recuperação, a realização do que lhe motivou até aqui no caminho do que é justo. Lembre-se: você é um ser humano, não um deus. Pare de comparar seus resultados com dos seus semelhantes. Recorra aos amigos para dividir seus temores. Vamos, não desista, continue com pequenos passos. Ah! Cuide de sua saúde. Obedeça ao médico. Tenha o descanso necessário.  Concentre-se em viver hoje, em realizar a tarefa de hoje confiando em Cristo Jesus. Para não desistir hoje, considere não somente seus pontos fracos, mas também os fortes. Você os têm! Creia que você é um campeão, uma campeã... E mesmo que você não concorde, lembre-se de que Deus usa os fracos para mostrar Sua glória e poder (2Coríntios 12:9).
Em qual desses motivos você está como que “encalhado”? Deixe-me orar por você: 
Querido Deus e Eterno Pai, abra os olhos desta pessoa querida para ela enxergar a importância eterna de não desistir agora, de continuar praticando o bem. Cremos em Seu amor demonstrado em Jesus. Ele não desiste dos que confiam nEle (João 10:29). Amém!
Fique com Deus, e creia que a linha está próxima. Você não precisa ver, precisa crer!
Seu conservo em Cristo,
Duanny Jorge

segunda-feira, 19 de julho de 2010

0

Só os 20 primeiros que lerem serão abençoados

Queridos leitores, antes de dizer que concordo com tudo o que foi escrito, quero enfatizar, como o próprio Cabalau nos mostra, a necessidade de sermos mantenedores do Reino de Deus, independente de como é ministrado ou administrado, pois cabe ao Senhor, que é o Dono da Obra, cobrar dos tais enganadores e imitadores do Evangelho.  
Ainda não pedi permissão ao meu querido amigo Clóvis Cabalau para repostar, para não dizer copiar, esta reflexão sobre a tão famigerada questão dos dízimos e ofertas. E porque repostar? Primeiro porque eu presenciei tal cena, em segundo porque eu creio que a mensagem desse servo de Deus seja uma nota de utilidade pública.
...
POR CLÓVIS CABALAU;  
Estávamos eu e minha esposa em um culto, atentos à “palavra” que era ministrada - mas confesso que os gritos do pregador às vezes nos impedia de identificar direito o sentido da mensagem -, quando, ao final, fomos surpreendidos com a maneira... digamos... persuasiva de o pastor convidar as pessoas a ofertarem. Era uma suposta oferta especial – só para aqueles que cressem. O detalhe que nos estarreceu foi a afirmativa categórica - e “ameaçadora”, posso dizer - do referido ministrante de que somente um número determinado de ofertantes que fossem à frente com suas contribuições seriam abençoados por Deus, os demais não seriam.
Com essa pérola, não deu para ficar calado. Uníssono, eu, minha esposa e os dois casais amigos que estavam no mesmo culto fomos movidos a reagir imediatamente com um audível (mas discreto, para não desconcertar o pregador) “Está repreendido em nome de Jesus!!”.
Fico pensando que tipo de “evangelho” é esse que aterroriza as pessoas a ofertarem? Desafio a me mostrarem na Bíblia algo parecido com isso, para que me convençam do contrário. Não tenho a menor dúvida de que havia pessoas ali, naquele culto, induzidas emocionalmente - e não espiritualmente - a ir à frente para ofertar, caso contrário “sairiam dali sem a sua bênção”.
Gente, o apóstolo Paulo nos ensina sobre ofertas voluntárias, a Bíblia nos fala de dízimo, e não vejo problema em um pastor pedir à igreja uma oferta especial para custear despesas do templo ou de um evento. Mas, essa história de dizer que só as pessoas que forem à frente e receberem a oração do “profeta” serão abençoadas, mais uma vez, eu repreendo em nome de Jesus. Assim como oro para que a igreja acorde para a verdadeira Palavra de Deus, que não precisa de imitadores de “pregadores” famosos ou de gritos exagerados e contínuos, como se a voz elevada fosse sinônimo de autoridade ou unção.
Só para deixar bem claro. Eu creio em milagres e no sobrenatural de Deus. Vivo isso todos os dias. Quando prego, também costumo elevar a voz em determinadas situações. Movido pelo Espírito Santo, já falei alto, pulei de alegria, de emoção (não confundir com a famigerada fé emocional) e, muitas vezes, chorei. Mas, sinceramente, o que me faz dar glória a Deus e aleluia com toda a força do meu coração é ver a mensagem da cruz, do arrependimento, da doce transformação que só Cristo pode fazer em nossa vida e, sobretudo, do Evangelho genuíno, livre de invencionices e “eis que te digo” estranhos, sendo pregado.  Oro por uma igreja avivada, sim, mas um avivamento que venha da Palavra, que nasça de dentro para fora, da renovação da mente e do amor. Amém.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

0

II Congresso Teológico

O Segundo Congresso Transmundial está acontecendo aqui em São Luís do Maranhão, nos dias 14 a 17 de Julho do corrente ano com o Tema: A PESSOA QUE DEUS USA. Local: Centro de Conveções Multicenter SEBRAE. 
Com os preletores Luiz Sayão, Itamir Neves, Gilberto Penido, Jackson Douglas e Davi Nunes.
O Pr. Luiz Sayão falará do exemplo de Davi no Antigo Testamento; o Pr. Itamir Neves relatará o exemplo de Marcos no Novo Testamento; o Pr. Gilberto Penido falará da temática usado por Deus no Evangelismo e Discipulado e por último o Pr. Jackson Douglas falará do tema usado por Deus em Missões.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

0

O JESUS QUE A SUA FÉ PRECISA


Há poucos dias escrevi sobre a falta de comprometimento nos púlpitos das igrejas no que tange a mensagem da cruz. Não se prega mais a cruz que nos liberta e nos faz verdadeiramente livres. Algo que está intimamente ligado a essas mensagens é como muitos enxergam o Filho de Deus, o Autor e Consumador da nossa fé: Jesus Cristo de Nazaré.
A imagem que hoje se tem de Jesus nos cultos religiosos, nas pregações, nos aconselhamentos não corresponde ao personagem revelado nos Evangelhos e iluminado pelo Espírito Santo de Deus. A imagem de Jesus desenvolveu-se em uma indústria religiosa chamada de “cristianismo” que não só engana, mas está enganada.
Para evitar ou escapar deste engano é necessário voltar-se para o Deus e Pai de Cristo Jesus. É Ele quem nos leva a Jesus. Deus conduz a Verdade quem busca a Ele, não seus favores, suas bênçãos (Jeremias 29:13). Leia os Evangelhos na Bíblia, a Palavra de Deus. Converse seriamente a respeito do Jesus dos Evangelhos e não do “Jesus da mídia” com quem busca a Deus e não uma doutrina de conveniências religiosas. Quando você comparar a fé nesse “Jesus da mídia” com a fé do Jesus dos evangelhos, revelado pelo Espírito Santo de Deus notará a diferença e conhecerá a salvação. É a fé nesse Jesus revelado por Deus capaz de vencer o mundo das desilusões religiosas (João 6:37). É desse Jesus que sua fé precisa (João 6:40).
Fique com Deus,
Seu conservo em Cristo,
Duanny Jorge

sexta-feira, 2 de julho de 2010

1

02 de Julho: Dia do Hospital

Aqueles que estão esperando os posts da minha estada aqui no Pará, vão esperar um pouco mais. Visitei o templo mãe das Assembléias de Deus: uma bênção.
... 
Lembro de uma história que um certo homem resistia a todos os convites para ouvir o evangelho de Jesus em uma igreja. Ele costumava dizer: “Eu? Ir prá igreja? Nem morto!!!” “E pro hospital, você vai?”, alguém lhe perguntou. Ele parou para pensar e respondeu: “antes na capela do que no hospital...” 
Os primeiros hospitais de que se tem notícia, no Brasil foram as Santas Casas. Era instituição ligada a igreja que acolhia por caridade, doentes, pobres, órfãos e peregrinos. Hoje se comemora o Dia do Hospital.  
A capela é um lugar onde alguém pode, no silêncio, encontrar-se não só com Deus, mas consigo, longe das solicitações da vida. A capela equivale a entrar no quarto, fechar a porta e conversar com Deus. Assim feridas da alma, do espírito, da mente são curadas (Mateus 6:6). Esta cura está na base até das doenças (físicas) tratadas no hospital (Marcos 2:5).  A ciência já denuncia que muitos males não estão no corpo físico, mas instalaram-se antes na alma, no espírito, na mente. Se diariamente você tem sua capela com Deus, conversando com Ele, em particular, tenha a certeza que o Senhor está tratando as feridas abertas nessa longa caminhada rumo a Jerusalém Celestial, pois as misericórdias do Senhor se renovam a cada dia. 
E como precisamos ser tratados... Certa vez falei que a CONSTÂNCIA nos ensina a ter comunhão com o Pai. Ela tem um efeito terapêutico indispensável a qualquer servo de Deus. (Tiago 5:16).
Tenha comunhão com Deus e cuide do seu tempo de “capela”!
Um beijo no coração de todos.
Saudades de vocês.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

1

Preparativos para o jogo!

Como você reage a toda esta expectativa diante do jogo do Brasil e Portugal? Fico impressionado com o entusiasmo do pessoal. A empolgação, os preparativos do lugar, a compra de fogos, as bebidas... Mas todos vão parar durante o desenrolar do jogo. Claro, em 1966, Portugal ganhou do Brasil por 3 x 1 logo na primeira fase! Com o que você se entusiasma a ponto de contagiar outros? As pessoas a sua volta percebem em que você está ligado? Notam seus preparativos, seus convites e o que faz você parar e acompanhar? (Mateus 10:32)
Seu relacionamento com Deus pode ficar escondido no meio de tantas atividades religiosas. Afinal, ele acontece no particular do seu coração, as portas fechadas do seu quarto (Mateus 6:6). Por outro lado, ele se manifesta no dia a dia, nas suas reações de vitórias ou faltas perigosas (Mateus 5:16).
Os que, como você, vibram com o que Deus faz na própria vida se reúnem para cultuar ao Senhor Jesus. Param tudo! (Hebreus 10:25). Cantam e louvam a Deus, mas também podem lamentar a queda no pecado e o esfriamento no amor. Não deixe de se reunir com os que amam a Deus, e compartilhar ensino e consolo. Isto também é expressão da confiança, da obediência ao Senhor Jesus.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

0

Cuidado com o seu lixo!


Enquanto aquele homem maltrapilho revirava o seu lixo, a dona de casa observava atrás das cortinas que ele conversava. A medida que ele retirava do saco de lixo os objetos, mostrava-se irritado ou triste. “Jogaram fora a fita do casamento mofada... Ah, agora entendi... Essas caixas de remédios tarja preta... não acredito... Mas é claro, esta Bíblia usada foi jogada fora...” Ela começou a ficar incomodada com aquela conversa. O lixo de sua casa “contava” o que se passava na família para aquele estranho.
A jogadora de vôlei Virna Dias disse algo interessante: “Se o meu lixo falasse, diria que sou consumidora voraz de suco, jornais e revistas e obcecada por limpeza”. Percebe? Dá para saber se a pessoa bebe, que tipo de bebida. Se fuma, se come em casa, se lê jornal, se mora sozinha, se tem cachorro. O lixo conta “tudo” isso.
Preste atenção onde tem colocado as oportunidades dadas por Deus a você. Aqueles impulsos de se voltar para Deus e de jogar no lixo uma religiosidade apenas de tradição é significativa (Atos 19:19). Verifique e veja o que seu lixo conta de você! Reavalie sua atitude para com a proposta de reconciliação que Deus lhe faz diariamente (Hebreus 3:15). Você precisa abri-la, usá-la com Jesus, do contrário você vai jogá-la no lixo. Não jogue no lixo as bênçãos divinas!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

0

A verdade


Dizem por aí  que ninguém mais quer saber a verdade. Afirmam que tudo é  relativo, não há mais uma “verdade”. O que é verdade para você não é verdade para mim. Você também anda pensando assim?  Então diga-me: você quer o verdadeiro resultado do jogo entre Brasil e Costa do Marfim ou qualquer resultado é relativo? 
Por qual razão então, a raiva e revolta tomam conta de você quando lhe acusam de ter feito o que na verdade não fez? Por qual razão a verdade envergonha, entristece e humilha? A verdade é  que apesar da capacidade de fazer coisas boas o ser humano está  em rebelião contra o Deus de bondade. (Lucas 11:13) O grau de perversidade varia, mas o princípio ativo está dentro de cada um.  
Diante desta realidade Deus executa justiça abrindo a porta da reconciliação como ser humano através de Cristo Jesus. (2 Coríntios 5: 18) Foi Jesus quem levou o devido castigo pela rebelião humana. Esta verdade revelada por Deus a respeito do ser humano, deixa envergonhados os que querem se voltar para Ele. Então, Deus se revela em verdadeiro amor recebendo por pagamento, o sacrifício do Deus Filho. Conhecer a Jesus é conhecer a Verdade de Deus para nós. (João 1:17) Esta verdade não é relativa, é eterna! Esta verdade protege sua comunhão com Deus. Viva esta verdade de Deus com alegria!
Tenha uma excelente segunda-feria.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

0

Futebol e Identificação



Você  vibra com as vitórias da seleção brasileira de futebol nesta copa? Você acompanha pela televisão, pelo rádio e até pela Internet as competições na África do Sul? São os jogadores que jogam, que se cansam, ganham fama e dinheiro e você diz: “Ganhamos!” ou “Perdemos!”. Isto é identificação. É um fenômeno da natureza humana... Pela identificação com os atletas você experimenta o orgulho e a emoção. Ao sintonizar sua atenção no Evangelho é o Espírito Santo que lhe permite acompanhar a obra maravilhosa que Jesus realizou ao eliminar o poder do pecado para separar você de Deus (João 16:13). É o Espírito de Deus que lhe permite perceber como Jesus ganhou o perdão para você ao ressuscitar. É o Espírito Santo que leva você a identificar-se com Cristo (Romanos 8:11). Nesta identificação você conhecerá a alegria da salvação!   
Se você  não acompanha a Copa será apenas uma pessoa desinformada. Agora, se você ignorar o Evangelho revelado pelo Espírito Santo de Deus, não poderá experimentar desta identificação dada aos filhos de Deus. 
A identificação só é possível quando nos reconhecemos participantes da nova relação com o próprio Jesus (Romanos 8:9). Por isso é que o Espírito Santo de Deus que nos leva, mediante a Palavra a esta condição de vibrar com as vitórias espirituais na vida e no mundo com Cristo Jesus. (I Tessalonicenses 1: 6). Você identifica-se assim? 
Tenha um bom dia e bons jogos.

terça-feira, 15 de junho de 2010

0

Jogo na Raça

No último domingo, falamos um pouco do quadro evolutivo organizacional da sociedade civil. Dizemos que a sociedade para chegar ao atual organização civil, teve que percorrer um longo caminho: Família, Gens, Clã, Tribo, Povo, Nação e Estado.
Para um Povo se transformar em Nação, o mesmo tem que desenvolver um sentimento nacionalista próprio. Você, como brasileiro ou brasileira tem esse sentimento que nos une como Nação Brasileira.Os  jogadores quando  veste a camisa da seleção brasileira identifica-se como uma Raça, um Povo, uma Nação.  
O time de Raça brasileira tem componentes genéticos diferentes do time da Raça norte coreana. Uma pode ser mais rápida, outra pode ser mais criativa, mas a qualidade de cada Raça se manifestará nesse primeiro jogo de futebol da Copa na África do Sul. 
Deus diz que quando nos faz seu Povo, nos torna uma Raça com características espirituais específicas (I Pedro 2:9-10). Deus diz que quando nos tornamos Seu Povo e Ele se torna nosso único Deus, passamos a ter uma relação particular com Ele e com nosso semelhante. Deus diz que quando vivemos reconciliados com Ele, pela fé de Jesus, somos da Raça que proclama as virtudes de Deus e não as nossas características culturais. Myles sempre gosta de usar um princípio inerente ao Reino de Deus que é o da Colonização. Nós, como cidadãos do céu, proclamamos as virtudes de um Deus que nos tirou das trevas e nos trouxe para um Reino do amor em  Cristo Jesus. 
Preste atenção na raça, no empenho brasileiro e norte coreano neste jogo. Eles querem proclamar as virtudes do seu Povo com todo espírito esportivo. Discípulos de Jesus só proclamam as virtudes de Deus com um espírito santificado (I Pedro 2:12). 
Fiquem com Deus, e bom jogo!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

0

Palavra do Dia: ONESÍMO

Ontem assistindo o culto, o Pr. Charles Viegas ministrou sobre a Carta de Paulo direcionada a Filemon. A pregação girou em torno de Onésimo.


Onésimo, significa "útil". Ele viveu entre os séculos I e II, na Frigia (Ásia Menor). Antes de se tornar cristão, foi escravo de Filemon.


Um dia, Onésimo roubou seu senhor e fugiu para Roma. Ali, recorreu ao apóstolo Paulo, que o perdoou e ele se converteu. Paulo enviou-o de volta a Filemon com uma carta de desculpas. Onésimo foi perdoado e passou a ser muito útil no Reino de Deus.


Creio que todos nós somos onésimos pois temos um propósito no Reino de Deus, basta acreditarmos e sermos fiéis Àquele que é digno de toda Glória, Honra e Majestade: Jesus Cristo!

segunda-feira, 7 de junho de 2010

0

História Verídica

Recebi um e-mail do Pastor Luís Cláudio Fontinelle, relatando essa linda história. Pelo fato de ser Pai eu me emocionei muito com esse relato, mas creio que não precisa ser Pai e nem chorão como eu sou para se emocionar. Leia e faça uma reflexão do quanto Deus nos cuida e nunca esquece dos seus filhos.
Antes de ler a história, veja o que Jesus diz na Sua Palavra:
"Então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me hospedastes; estava nu, e me vestistes; enfermo, e me visitastes; preso, e fostes ver-me. Então, perguntarão os justos: Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber? E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos? E quando te vimos enfermo ou preso e te fomos visitar? O Rei, respondendo, lhes dirá: Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. (Mt.25:34-40)


sábado, 5 de junho de 2010

2

Transformados pelo Espírito Santo




"Quem não vem a Deus pelo amor vem pela dor". Você já proferiu estas palavras? Não é isso o que Deus diz ou foi registrado na Sua Palavra. Jesus revelou que é o Espírito Santo de Deus quem convence o pecador do pecado, da justiça e do juízo (João 16:8-11).
No Livro de Atos dos Apóstolos - que costumo chamá-lo de Atos do Espírito Santo - os discípulos de Jesus estavam reunidos para a festa judaica de Pentecostes quando Deus manifestou-se na pessoa do Espírito Santo sobre eles. A partir de então os discípulos que temiam sofrimentos, tornaram-se ousados, pois o amor a Deus foi derramado em seus corações pelo Espírito Santo que lhes foi dado (Atos 2).
O sofrimento até empurra muita gente para a igreja. Mas o que transforma o relacionamento do pecador com o Deus Santo não é o sofrimento, mas o Espírito Santo. O sofrimento pode testar esta transformação, mas não a produz.
Na comemoração de Pentecostes, os cristãos festejam hoje, a vinda sobre o ser humano do mesmo Espírito que ressuscitou a Jesus dentre os mortos. É o Espírito Santo que testemunha ao espírito humano que Jesus Cristo foi morto por causa das transgressões, e ressuscitou para a nossa justificação (Romanos 4:25).
O Espírito Santo é que produz a salvação e a santificação no seu coração, pois Ele só fala de Jesus e revela o caráter de Deus a você (Romanos 5:5). É Ele quem dá intimidade com Deus. Adora-lO é obedece-lO.
Toda Glória e Honra a Pessoa do Espírito Santo.
Obrigado Pai pelo derramamento do Espírito Santo sobre todos nós!
Seu conservo em Cristo Jesus,
Duanny Jorge

quarta-feira, 2 de junho de 2010

0

Levantamento da Situação Escolar (LSE)

Nós da FUNCEMA - Fundação de 
Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão - estammos por aplicar a metodologia LSE no Estado do Pará.
O evento realizar-se-á nos dias 28 de Junho a 3 de Julho deste corrente ano. As datas poderão ser alteradas.
O encontro é promovido pelo Ministério da Educação/ Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (MEC/ FNDE), em parceria com aSecretaria Municipal de Educação do Estado, juntamente com a FUNCEMA.
Estamos in loco para fecharmos o local do evento. Agradeço a todos do FNDE-MEC, em especial a Olga Bento - Coordenadora Geral.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

0

Tratando a incredulidade

Ontem estávamos, eu e o Pr. Wander Silva, na Comunidade Vida do Parque Vitória, uma reunião que acontece todo ano em que participa somente homens.
A mensagem girou em torno da Visão do Evangelho do Reino. Você tem sido verdadeiro com Deus?A mensagem que ficou tatuada é que devemos ser verdadeiros não só para com as pessoas que não conhecemos, mas sobretudo com aquelas que nos amam. 
Um dos versículos mais recitados é que Deus AMOU o mundo de tal maneira que deu seu Filho Unigênito para todo aquele que Nele crer não pereça mais tenha vida eterna. (grifo nosso). 
Tudo isso me fez refletir sobre a incredulidade. Quantas vezes você se surpreende fazendo “o certo” por fora, mas continua “fazendo o errado” por dentro? A rebelião é expressão visível da incredulidade. Você e eu sabemos que não se vence incredulidade com argumentos, pressão e ameaças. Diante desses recursos, a rebelião se esconde ainda mais até o dia de revelar toda sua fúria e poder. A incredulidade se instala na vontade e não apenas no raciocínio do ser humano (Romanos 1:29-32). 
A incredulidade contra Deus só é vencida quando o próprio Deus se revela em amor através do Filho ressurreto. A fé vem pelo ouvir voluntário da Palavra de Deus, pois é em tal proclamação que Deus age (Romanos 10:17). 
Por isso não podemos parar de lhe contar o que Deus fez, está fazendo e ainda fará para reconciliar você com Ele (João 20:31).
Ele te ama, tenha um bom dia!

sexta-feira, 14 de maio de 2010

0

Deus quer surpreender você!

Deus é realmente surpreendente! A Sua Palavra nos afirma que Ele usa os loucos para confundir os sábios (ICo.3:18).
Preste atenção! Ninguém ainda viu, nem tão pouco alguém ouviu, nem a pessoa mais inteligente imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam (ICo.2:9). Isso significa que Deus surpreende você, a mim, a cada um que O ama (Jr.29:11). Não porque somos perfeitos, bonzinhos, mas quem quer conhecer a Deus pelo simples fato de O amar. Deus quer surpreender os que O amam para eliminar a incredulidade que mora em nós e abalar as expectativas meramente humanas. 

Surpresas divinas são oportunidades de mudar a maneira de pensar. As surpresas dadas por Deus mudam a rotina. Não é mais a rotina que dá  segurança, mas a certeza de que as surpresas divinas nos aproximam mais dEle.  Cada situação nova traz um bem surpreendente para os que amam a Deus. 
Deixe Deus surpreender você hoje! Você pode amá-lO e experimentará  dessa admiração que nos une a Ele (Sl.112:7-8). Perceba a bondade divina para com você através de Cristo Jesus!  
Tenha um bom final de semana!

0

Palavra do Dia: NAU

Temática: Hinos da Harpa
O hino "Solta o cabo da nau" é uma verdadeira pregação, pois o louvor todo gira em torno de nos desprendermos de tudo aquilo que nos prende ao mundo.
A palavra em tela refere-se ao sentido dado pelo ítem 1 do dicionário Houaiss:

Acepção
Substantivo feminino 
Rubrica: termo de marinha.
1. designação genérica que até o século XV se aplicava a navios de grande porte, acastelados à proa e à popa, e geralmente com um único mastro envergando vela redonda.
2. designação dada desde o século XVII a navio de grande porte, com três mastros, velas redondas, fortemente armado, integrante ger. de uma linha de batalha
3. Derivação: por extensão de sentido. Uso: formal.
designação genérica de diversas outras embarcações
Etimologia:
cat. nau (sXIII) < lat. navis,is 'navio, embarcação'; ver nav(i)-; f.hist. sXIV nau, sXIV naos, sXV naão, sXV naao, sXV naoos.

0

Palavra do Dia

Olá queridos amigos,


Começarei esse novo desafio de retratar algumas palavras incomuns no nosso meio que com certeza quando não entendida em seu sentido literal restará fora do contexto. E como o nosso intento é orientar, este é mais um desafio no qual pedi orientações para os meus pastores Wander Silva e Fátima Del Bosco e principalmente ao Espírito Santo para que se tornasse uma realidade.
Não queria apenas retratar palavras ao vento, pois esse não é o objetivo, mais enquadrá-las dentro de uma temática.
Assistindo o DVD Clássicos de André Valadão fui movido a destacar algumas palavras do hino da harpa. Então, esta primeira temática será apenas palavras que estão ali enquadradas. 
Cabe relatar um pequeno testemunho, no qual uma serva de Deus (Assembleiana) me pediu a letra Apocalipse de Damares, pois não entendia alguns trechos. Imprimir a letra e no outro dia ela me procurou de novo, agora para explicar algumas palavras que não entendia, pois não conseguia apenas cantar, mas queria louvar ao Senhor em Espírito e em Verdade. Foi nesse momento que comecei a pensar o quanto é importante saber o que estamos louvando. Neste louvor ela não sabia o que era "placas tectônicas", "plutônio", "camada de ozônio" etc. No término da letra montei tipo um glossário dos termos incomuns da letra em tela.
É nesse sentido que será a "Palavra do Dia", todos os dias retratarei, dentro da temática explorada, palavras que fogem ao senso comum. Espero que vocês gostem!

quinta-feira, 13 de maio de 2010

0

Abolição, Vício e Liberdade



Dia 13 de Maio foi marcado pela Abolição da escravatura. A partir de então, a escravidão era ilegal.  Ainda hoje existem escravos. Pessoas escravas de vícios. Vícios públicos e vícios secretos. O vício escraviza a pessoa. O vício obriga as pessoas a agirem sempre da mesma maneira, mesmo quando não querem. O vício é como que uma fome da alma, porque busca uma satisfação. Portanto, você já percebeu que existe alguma satisfação em ser escravizado por um vício. 
Quando alguém é viciado em uma pessoa, torna-se escravo dela e você sabe por quê? Porque estão viciados em mentiras e promessas que não se cumprirão (II Pedro 2:19). 
Pecar contra Deus é um vício de natureza espiritual. Quando alguém encobre seu pecado com atos religiosos resiste a Deus. Sempre que alguém, confiando em Jesus confessa seu pecado, identifica esse vício, começa a andar pelo caminho da liberdade cristã (João 8:32).
 A abolição deu liberdade a milhares de pessoas, muitas sem condições de ver esta nova situação. E tornaram-se escravas da pobreza, dos vícios e da criminalidade.  A liberdade que Deus nos dá permite que você ande com Deus como livre que é (Gálatas 5:1). Esta é a liberdade para se andar com Deus (Gálatas 5:13). É desta liberdade que você precisa.
Pense nisto!

segunda-feira, 10 de maio de 2010

0

COLÍRIO DE DEUS

Você  enxerga bem? Tem certeza?
O oftalmologista estuda, no mínimo, 30 problemas básicos que ocorrem com a capacidade que temos de ver, de enxergar.
Certamente o oftalmologista tem conselhos adequados para receitar um colírio para cada tipo de problema na visão, mas quem não quer ver, está com o problema, não nos olhos, mas na vontade (Apocalipse 3:18).
Aí colírio não adianta! Por isso se diz que a cegueira fatal é a de quem não quer ver! A pessoa pode ver, mas não quer admitir, não quer reconhecer.
Costuma-se chamar a pessoa com tal atitude de “ignorante”. Terrível, não é? Jesus utilizou a capacidade de ver como ilustração da capacidade humana de perceber a realidade dentro e fora de si (Mateus 13:15).
A muitos que tinham vistas boas, Jesus os chamou de cegos, pois não queriam perceber a ação de Deus. Os cegos que se encontraram com Jesus voltaram a ver, não somente os objetos, mas também puderam perceber a ação de Deus na vida deles e na sua história.
Ao admitir sua necessidade do próprio Deus, para poder lidar com suas necessidades espirituais, é sinal de que você já esta utilizando o colírio divino: Cristo Jesus (Mateus 13:16-17).
Nele há cura. Nele você vê a Deus claramente! Isto é salvação!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

0

Hoje é dia do Cartógrafo

Nesta minha última viagem para Brasília contei pelo Twitter as minhas aventuras que passei nesta terra abençoada. Decidi no segundo dia comprar um GPS para que eu pudesse chegar com mais agilidade nos lugares. Que maravilha! Ainda tem gente dizendo que a tecnologia complica...
Fiquei a imaginar... E se não tivesse GPS? Na absoluta certeza eu compraria um mapa atualizado! Agradeço os Cartógrafos pelo maravilhoso trabalho de elaborar os diversos tipos de mapas. Melhor seria se eu tivesse um guia particular pois assim ficaria mais simples a minha vida... Veja bem um guia... Um guia nada mais é do que um mapa vivo!

quinta-feira, 29 de abril de 2010

0

Kim - Com toda força do amor (2009)

0

Diante do Trono - Preciso de Ti (2001)

Todos os direitos reservados à Duanny Jorge. Tecnologia do Blogger.