Escola Bíblica Discipulado

Venha estudar conosco a Verdade para a sua vida. Visão Holística. Todos os domingos as 10h na Comunidade Vida - Sede. Av. Castelo Branco, 466, São Francisco São Luís - MA - Brasil. Contato: (98) 3268-9378

Visão Holística do Livro de Romanos

A Epístola aos Romanos, é o sexto livro do Novo Testamento. É a primeira e a mais longa das Epístolas Paulinas, e é considerada a epístola com o "mais importante legado teológico".

Transformados pelo Espírito Santo

O Espírito Santo é que produz a salvação e a santificação no seu coração, pois Ele só fala de Jesus e revela o caráter de Deus a você (Romanos 5:5). É Ele quem dá intimidade com Deus. Adora-lO é obedece-lO.

Na caverna eu redescobri o meu refúgio!

Faça de Deus o seu refúgio! Deixe que Deus, não Saul, o cerque. Deixe que Ele seja o centro da sua vontade. Deixe enfim, que Ele seja o teto que proteje o ambiente da luz do sol, as paredes que detêm o vento, o alicerce sobre o qual você está.

As pedradas da vida

É no deserto das nossas vidas que Deus nos mostra o quão Ele é poderoso para fazer infinitamente mais! Neste artigo, encaro a difícil questão: Porque pessoas tão próximas são capazes de nos apedrejar?

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

0

Restaurando o Altar

Domingo eu fui impactado pelo poder da palavra proferida pelo servo de Deus Clóvis Cabalau. O tema: Restaurando o Altar. A pergunta: como está o seu altar diante de Deus? Meu Deus... como essa palavra falou ao meu coração. Coisas do Espírito Santo.
Usando a holisticidade bíblica, o pastor enfatizou 3 homens de Deus que antes de qualquer coisas levantaram um altar ao Senhor. O primeiro foi Noé que ao sair da Arca ele erigiu um altar de adoração (altar de espera). O segundo foi Abraão que no cume do monte obedeceu ao Senhor a tal ponto de doar o filho da promessa (Isaque). O terceiro homem de Deus foi Elias, que numa disputa com os seguidores de Baal chamou o povo o restaurou o altar.
Aprofundando um pouco mais nas ricas palavras do pastor, chamo os amados irmãos leitores deste humilde blog, a refletir sobre esta temática.
O livro de Esdras e Neemias falam de restauração. Restauração é um dos temas básicos da Bíblia. Em Jesus, Deus restaurou a criação caída. Na sua primeira vinda a igreja gloriosa quase foi formada. Mas logo entraram declínio e apostasia, e por isso precisamos novamente de restauração antes da segunda vinda de Cristo. Se temos uma visão do Reino  de Deus, procuraremos fazer parte do processo de restauração que ele está realizando hoje.
A passagem de Esdras 3.1-6 fala exatamente da restauração do altar. As coisas de Deus são organizadas; nada é por acaso. A primeira coisa que os filhos de Israel foram dirigidos a fazer foi levantar o altar. Do nosso ponto de vista, as coisas deveriam ser diferentes. Primeiro levantaríamos os muros para nos proteger dos inimigos, depois faríamos a casa, e por último o altar. Mas na ordem de Deus construíram primeiro o altar, depois lançaram os alicerces da casa e a edificaram (com dificuldade e uma interrupção de 16 anos) e finalmente na geração seguinte é que levantaram os muros. Vemos que a obra de restauração requer paciência.
O altar, então, deve ser levantado antes de construir a casa, pois será uma proteção melhor contra os inimigos do que os muros. Depois do altar, poderemos construir a casa, formar a cidade e estabelecer o reino.
O pastor colocou de forma primordial que a obra principal de Elias (considerado o profeta da restauração) foi restaurar o altar do Senhor (1 Rs 18.30), o lugar da adoração. Depois do dilúvio a primeira coisa que Noé fez foi levantar um altar ao Senhor – para começar tudo de novo (Gn 8.20). 
Mas o que é a restauração do altar?
Pegando o gancho desse servo de Deus digo que o altar é o local de morte. É ali que nossa vida é colocada como um sacrifício para Deus. No altar nós morremos para as nossas próprias convicções, vontades, desejos, expectativas, etc... No altar morremos para a nossa vida a fim de podermos viver uma nova vida para com Deus. No altar tem fim o velho homem. O desejo do coração do Eterno é que, após termos um verdadeiro encontro com Ele, possamos verdadeiramente morrer. Nunca esqueço de um certo irmão que convocou todos os seus amigos mudanos para o seu enterro... era o dia do seu batismo, onde o velho homem iria morrer para o mundo! 
Quando o sacrifício queimava, subia um cheiro que se desprendia da vítima! E é isso que Deus espera, que quando nossa vida for a Ele oferecida, possamos liberar um cheiro suave a fim de agradarmos ao Senhor!
Assim queimarás todo o carneiro sobre o altar; é um holocausto para o Senhor, cheiro suave; uma oferta queimada ao Senhor (Êx 29:18).
A ação principal de Elias, o profeta que representa restauração, foi restaurar o altar do Senhor. A primeira iniciativa de Zorobabel, Neemias e Esdras ao voltarem da Babilônia para construir a casa de Deus foi levantar o altar. 
Sem uma posição definida de ouvir a voz de Deus e depender inteiramente dela, nada de valor pode ser realizado na obra de Deus.
Aqui na terra Jesus vivia numa posição de total dependência em Deus. Não fazia nada sem ver o Pai fazê-lo primeiro. A base de sua vida era uma posição de incessante comunhão com Deus – e isso é o altar. 
É a restauração do homem. Deus restaura o homem da queda e do pecado, justificando-o, santificando-o e glorificando-o. Ressuscita-o de entre os mortos. Dá-lhe corpo novo, revestido de incorruptibilidade e de imortalidade (1 Co 15.53). Torna-o igual a Jesus Cristo (Rm 8.29-30; 2 Co 3.18; Fp 3.20-21; 1 Jo 3.2).
O que significa restaurar o altar?
Significa restaurar a comunhão com Deus e com o seu povo, a Igreja. É uma recuperação daquilo que está esquecido, obscurecido. A restauração repara nossa vida espiritual. Restaura o nosso fervor, nosso ânimo e nossa paixão pelo Senhor e pelas coisas do Reino.
A função principal da igreja hoje é expressar Deus ao mundo através de sua vida e ações. Mas para isso ela necessita urgentemente ouvir a voz de Deus numa base contínua e permanente. Como isto poderá acontecer? Através do altar.
Obrigado meu Deus por tudo que tens feito por mim.
Soli Deo Gloria! 

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

0

Amigo Secreto


Tudo pronto para aquela brincadeira do Amigo Secreto ?
É interessante e divertido quando é possivel trocar mensagens de incentivo, ânimo durante esta brincadeira. Permitir que o outro procure descobrir quem é o autor dos recados, dos presentes.
Mas o que você fará com o Inimigo Secreto?  Ele nunca é convidado para as festas, mas é sempre o primeiro a chegar. Em nome da alegria e descontração ele traz a “... prostituição, a impureza, a lascívia,  a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos,  as invejas, as bebedeiras, as orgias, e coisas semelhantes a estas...”  (Gálatas 5:19-21). Esse é o presente desse inimigo conhecido como natureza pecaminosa pois não está sob o divino. A família quer se reunir para festejar com alegria e logo se vê às voltas com todas essas expressões da natureza humana pecaminosa.
Agora o verdadeiro amigo secreto é aquele que durante todo o ano soprou esperança viva no seu coração sem que você percebesse. É Ele que faz você lembrar não só do amor de Deus através de Jesus mas também da santidade divina. É Ele que conduz sua fé a Cristo Jesus. É Ele que derrama o amor de Deus em Seu coração.
O Espírito Santo de Deus é seu verdadeiro amigo secreto. Ele não fala de si mesmo, mas procura firmar no seu coração tudo o que Deus fala (João 16:13). Vamos não O entristeça, não O apague. Ele é o selo divino para sua reconciliação com Deus. Deixe-se guiar por Ele e você será Filho de Deus. Só com Ele seu Natal será bom. Só com Ele você tem condições de ser uma pessoa melhor, acessivel, humana a partir deste Natal.
Experimente!

Todos os direitos reservados à Duanny Jorge. Tecnologia do Blogger.