Escola Bíblica Discipulado

Venha estudar conosco a Verdade para a sua vida. Visão Holística. Todos os domingos as 10h na Comunidade Vida - Sede. Av. Castelo Branco, 466, São Francisco São Luís - MA - Brasil. Contato: (98) 3268-9378

Visão Holística do Livro de Romanos

A Epístola aos Romanos, é o sexto livro do Novo Testamento. É a primeira e a mais longa das Epístolas Paulinas, e é considerada a epístola com o "mais importante legado teológico".

Transformados pelo Espírito Santo

O Espírito Santo é que produz a salvação e a santificação no seu coração, pois Ele só fala de Jesus e revela o caráter de Deus a você (Romanos 5:5). É Ele quem dá intimidade com Deus. Adora-lO é obedece-lO.

Na caverna eu redescobri o meu refúgio!

Faça de Deus o seu refúgio! Deixe que Deus, não Saul, o cerque. Deixe que Ele seja o centro da sua vontade. Deixe enfim, que Ele seja o teto que proteje o ambiente da luz do sol, as paredes que detêm o vento, o alicerce sobre o qual você está.

As pedradas da vida

É no deserto das nossas vidas que Deus nos mostra o quão Ele é poderoso para fazer infinitamente mais! Neste artigo, encaro a difícil questão: Porque pessoas tão próximas são capazes de nos apedrejar?

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

0

Oração do Pai Nosso!

Queridos estou convencido de que estamos no caminho certo no que tange ao estudo sistemático da Palavra de Deus. Creio que a mão do Senhor vai nos capacitar para levar adiante o projeto da Visão Holística.
Meditando um pouco na aula em que o irmão Vicentino ministrou, Mateus Capítulo 6, fiquei a pensar na oração que Jesus Cristo nos ensinou. Creio que ali estão princípios norteadores de qualquer oração. Não creio em vãs repetições - como diz o poeta do Brasil Sérgio Lopes - mas em modelo a ser seguido para termos intimidade com o Pai.
O Pr. Wander Silva, na última aula ministrada no Domingo, Mateus capítulo 7, ressaltou que este capítulo finaliza a grande pregação de Jesus no Monte das Bem-aventuranças.
Através de toda a grande mensagem da montanha, Jesus ressaltou a relação íntima que seus discípulos deveriam ter com um Deus pessoal.  Nunca isso é visto tão claramente quanto em seu uso do termo "Pai". Quatorze vezes no sermão ele usa a relação mais pessoal conhecida pelo homem (relação entre pai e filho) para descrever a intimidade que deveria existir entre Deus e os cidadãos do Seu Reino.
"Portanto, vós orareis assim: Pai nosso…." Jesus não está aqui falando da relação universal que todos os homens têm com Deus, por meio da criação, como no caso de Atos 17:28-29. Pelo seu uso do "Pai nosso", ele fala daquela relação especial estabelecida pela fé e continuada pela submissão à vontade soberana de Deus (Mateus 7:21). Esta é a oração do discípulo. Esta é a oração minha e sua, do "filho de Deus" renascido. Somente aqueles que receberam o evangelho do reino são previlegiados para orar "Pai nosso..."
Assim começa a oração mais conhecida, ensinada por Jesus aos seus discipulos.
A partir de hoje, você encontrará neste blog comentários de algumas expressões que revelam a profunda intimidade com o Deus Criador. Durante todo o mês de Fevereiro você contará, com essas breves meditações. Serão simples, mais sevirão para termos um entendimento holístico daquela que é o modelo de toda oração.
Não tenho dúvida que você fará desta oração, como se fosse sua, no exercício da fé, despertada por Jesus Cristo.
As mensagens terão a contribuição de Hagton da UMBET e Dennis Allan. Esses dois servos já contribuiram e muito para o projeto da visão holística. Uma parceria para você firmar-se na fé de Cristo Jesus e viver na intimidade com o Pai.
Não perca, e seja abençoado em nome de Jesus.
At.
Duanny Jorge

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

0

Levantamento da Situação Escolar no Amazonas

A capacitação sobre a metodologia do LSE – Levantamento da Situação Escolar de técnicos do Estado do Amazonas e dos 62 Municípios está programada para o período de 28/02 a 05/03/2011, na capital do Estado. O Amazonas tem 62 municípios, que serão divididos em duas turmas, distribuídas nos seguintes períodos: de 28/02 a 02/03/2011 a Turma 1 (T1) com a participação de 30 municípios e de 03 a 05/03/2011 Turma 2 (T2) com a participação de 31 municípios. O município de Manaus não será convidado para a capacitação porque seus técnicos foram capacitados no período de 13 a 15/10/2010.
A capacitação será de três dias das 08h00 as 12h00 e das 14h00 as 18h00.

  • 1º Dia – Parte teórica da metodologia do LSE. 
  • 2º Dia – Parte Prática – Aplicação do formulário em uma escola
  • 3º Dia – Apresentação do sistema e inserção de dados. 
O público alvo desta capacitação são técnicos de infraestrutura (engenheiro ou arquiteto), técnicos da área pedagógica e técnicos de informática. Esses profissionais deverão ser servidores e após o treinamento terão que executarem o trabalho do LSE. Os participantes terão direito a hospedagem e alimentação no hotel ainda a ser definido.
A previsão de participantes é de 12 técnicos estaduais e 183 técnicos municipais, totalizando 195 técnicos.
A direção do evento é do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, cuja superintendente é a Dra. Olga Bento em parceria com o IFMA – Instituto Federal do Maranhão, dirigido pelo Prof. Carlos César e FUNCEMA – Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Maranhão, dirigido pelo Coordenador Duanny Jorge. A FUNCEMA será a responsável por toda logística do evento.
A Secretaria de Educação do Estado do Amazonas, em parceria com UNDIME/AM, deverão se responsabilizar pela mobilização fazendo o convite aos municípios através de ofício e também reforçar o convite via telefone.
Os municípios deverão ser alertados sobre a importância da Capacitação e que não haverá mais capacitação do LSE no Estado. Somente recebem a senha do LSE os municípios capacitados. Em relação ao certificado somente serão entregues aos participantes com 100% de presença.

Esta será a sétima Capacitação da parceria FNDE-IFMA-FUNCEMA, que tem rendido bons frutos nos Estados que foram capacitados: Maranhão, Pará, Roraima, Amapá, Sergipe e Alagoas. Esperamos que aconteça o mesmo neste Estado. 
A equipe não medirá esforços para fazer o melhor pelo Amazonas.
Deus nos abençoe e nos guarde,
At.
Duanny Jorge,
Coordenador LSE

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

0

A Igreja como Família de Deus


No primeiro encontro que ministramos na Maranata, fui surpreendido com uma pergunta que apesar de simples me causou uma profunda reflexão: o que é igreja?
Depois de explicar o que todo cristão sabe, que igreja não é a estrutura feita por mãos humanas, que é o corpo de Cristo etc. terminei dizendo uma frase da Pra. Fátima Del Bosco: Jesus Cristo vai busca uma igreja dentro da igreja e finalizei dizendo que também iria buscar uma igreja fora da igreja também.
A partir deste momento passei a refletir a despeito de como estamos olhando a Igreja de Cristo.
A pergunta foi inevitável: quando você olha para uma igreja você vê o prédio como a casa onde se reúne a família de Deus ou a casa onde você recebe os favores e direção divinos?
Contamos com diversas igrejas em uma mesma avenida ou rua, pelo menos aqui em São Luís (mais especificamente no Cohatrac - fruto de divisões ministeriais).  Algumas são prédios imponentes outras estão em garagem  ou casas adaptadas para realização de cultos.
Quando você se reúne em uma igreja, você vai em busca do aconchego familiar com o divino ou o acesso às soluções, proteções e orientações de Deus?
Já me aborreci muito com a institucionalização da igreja. Ela tornou-se uma sociedade religiosa sem fins lucrativos. Falo de muitas igrejas não de todas. Os encontros se tornam formais ou  impessoais segundo as tendências dos participantes.
A primeira vez que Jesus utilizou a palavra “igreja” fazia um senso religioso com seus amigos a respeito do que o povo pensava a seu respeito. Quando Pedro declarou: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Jesus respondeu: “ ... sobre esta pedra (verdade) edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não poderão vencê-la. Eu lhe darei as chaves do Reino dos céus; o que você ligar na terra terá sido ligado nos céus, e o que você desligar na terra terá sido desligado nos céus". Mt.16:17-19.
Jesus deu aos que O conhecem como o Filho do Deus vivo, uma habilidade para unir ou separar aqui na terra, como está  diante de Deus. A igreja, esse povo é o “espelho”  do céu. Mas quando você transforma esse princípio e utiliza a igreja como uma mera agência de serviços, desligada dos relacionamentos interessados  no Senhor Jesus,  perde o senso de família. Você a transforma em uma “empresa religiosa”. A igreja é transformada, pelos que agem assim, em uma instituição.
Quando Eu e você reconhecemos em Jesus o Ungido Filho de Deus somos feitos filhos de Deus, adotados em um relacionamento familiar e não como meros associados de algum grupo. Temos em comum esta Pessoa Bendita, Jesus Cristo, que nos dá intimidade com o Pai. Ouvimos sua voz! Nós o amamos porque Ele nos amou primeiro. Então a igreja, seja nos templos, nas garagens ou nas casas será um relacionamento  entre pessoas, que vivem o amor de Deus.Os que se aproximam de nós encontrarão o amor de Jesus e não a perfeição humana. Sem dúvida , então, experimentaremos o que Jesus apresentou naquele senso religioso do primeiro século. -“e as portas do inferno não poderão vencê-la. Eu lhe darei as chaves do Reino dos céus; o que você ligar na terra terá sido ligado nos céus, e o que você desligar na terra terá sido desligado nos céus”.
Venha, vamos caminhar com o Senhor nesta direção! Isso é ser filho de Deus.
Soli Deo Gloria.
Por,
Duanny Jorge

Todos os direitos reservados à Duanny Jorge. Tecnologia do Blogger.