Escola Bíblica Discipulado

Venha estudar conosco a Verdade para a sua vida. Visão Holística. Todos os domingos as 10h na Comunidade Vida - Sede. Av. Castelo Branco, 466, São Francisco São Luís - MA - Brasil. Contato: (98) 3268-9378

Visão Holística do Livro de Romanos

A Epístola aos Romanos, é o sexto livro do Novo Testamento. É a primeira e a mais longa das Epístolas Paulinas, e é considerada a epístola com o "mais importante legado teológico".

Transformados pelo Espírito Santo

O Espírito Santo é que produz a salvação e a santificação no seu coração, pois Ele só fala de Jesus e revela o caráter de Deus a você (Romanos 5:5). É Ele quem dá intimidade com Deus. Adora-lO é obedece-lO.

Na caverna eu redescobri o meu refúgio!

Faça de Deus o seu refúgio! Deixe que Deus, não Saul, o cerque. Deixe que Ele seja o centro da sua vontade. Deixe enfim, que Ele seja o teto que proteje o ambiente da luz do sol, as paredes que detêm o vento, o alicerce sobre o qual você está.

As pedradas da vida

É no deserto das nossas vidas que Deus nos mostra o quão Ele é poderoso para fazer infinitamente mais! Neste artigo, encaro a difícil questão: Porque pessoas tão próximas são capazes de nos apedrejar?

sábado, 9 de abril de 2011

0

Santificado seja o Teu nome

Dando prosseguimento ao Estudo da Oração que Jesus nos ensinou, podemos observar que a primeira coisa que devemos pedir ao nosso Pai, é que Seu nome seja santificado.
Esse pedido já é um alerta a que não nos dirijamos ao Pai celeste de qualquer modo, nem por qualquer coisa, mas em nossa oração tenhamos o objetivo de pedir-lhe aquilo que lhe agrada, sua soberana vontade, e que não comprometa a honra de Seu nome. 
Ou seja, ele é Pai. Pai de todos os seus filhos. Pai que está nos céus. Pai que demanda a reverência própria de filhos que lhe amam e que, acima de tudo, desejam ver Seu nome santificado e glorificado.
Só podemos ter um vislumbre muito pálido da importância que Deus dá a seu nome, quando pensamos no quanto nos esforçamos para não ver o nosso nome difamado ou caluniado. Isso é próprio do ser humano e bíblico. Fazemos de tudo para não ver o nosso nome sujo. Se zelamos assim pelo nosso nome, imagine o quanto Deus zela pelo Seu.
Os escribas tinham reverência quando iam escrever o nome do Deus Todo Poderoso. Eles limpavam a pena por duas vezes antes de escrever o tetragrama YHWH, em sinal de profunda reverência ao nome do Senhor.
A oração nos ensina que antes de pedir pelo pão ou por qualquer outra coisa, pedimos pela santidade de Seu nome. Como se devêssemos nos lembrar de que tão importante quanto termos pão em nossas mesas, é ver o nome do Senhor sendo honrado.
Por isso que ratificamos... Toda Glória e Honra ao Senhor!
Deus é Pai. Mas não é só meu. Seu nome deve ser santificado. Não percamos, portanto, a oportunidade de, curvados diante dele, dizer conscientemente: 
PAI NOSSO QUE ESTÁS NOS CÉUS. 
SANTIFICADO SEJA O TEU NOME!

Soli Deo Gloria.

terça-feira, 5 de abril de 2011

0

O Pai não é somente meu, é nosso!

A Paz do Senhor queridos,
É com muito carinho que volto a postar neste blog. Na verdade já tem mais de 5 postagens prontas mais não deu tempo nem sequer de postá-las. Quero pedir desculpas aos amigos leitores no que tange ao atraso das postagens. Passei todo o mês de março organizando o LSE do Estado da Paraíba. Realmente não tive tempo. Para quem não sabe, o LSE é um programa do governo federal que visa capacitar técnicos para atuar nas escolas pública. Já Capacitamos 7 Estados da Federação, o da Paraíba é o oitavo. Neste estado são 223 municípios e mais de 700 técnicos que serão capacitados.
Mas deixando de lado a vida laboral, o Senhor tem me impulsionado a orar mais. Como sempre diz uma amiga minha, precisamos orar mais. É nesse diapasão que continuo a série de reflexões sobre a oração que o nosso Mestre - Jesus Cristo - nos ensinou.
---

O privilégio de chamar a Deus de Pai é tão grande, que muitas vezes agimos como filhos únicos.
Você já deve ter visto pessoas que parecem ser o dono de Deus? Eu já vi pessoas darem ordens a Deus, como se fosse um gênio da lâmpada mágica.
O que eu quero dizer, é que muitos querem que Deus lhes seja um servo que providencie um bom emprego, um bom salário, um bom casamento ... etc. Muitos querem na verdade atalhos para satisfazer os seus desejos, muitas vezes, desejos mundanos. Não procuram a vontade de Deus. Muitos não querem enfrentar o problema. Queridos, é necessário enfrentarmos o problema, pois são nas circunstâncias adversas que Deus nos molda, nos tornando ser humanos melhores.
Muitas vezes, nos colocamos como o centro de tudo, inclusive de todos os planos de Deus. Geralmente, nem sequer pensamos que fazemos parte de uma grande família redimida por um Pai, e cada um de nós somos filhos e irmãos.
É por isso que Jesus, ao nos mandar chamar a Deus de Pai, trata logo de adicionar a palavra “nosso”. Nunca devemos esquecer da intimidade que Ele nos proporcionou, estendendo a cada um o direito de ser filho. Porém nunca devemos esquecer que fazemos parte de uma família maior. Do mesmo modo que Ele é meu Pai, Ele é seu Pai também. 
Isso é interessante. Antes de sermos amigos, namorados, noivos ou casados, somos irmãos de um mesmo Pai!
Se o fato de Deus ser meu Pai me conforta,  o fato de ser Pai daqueles que muitas vezes eu destrato, me assusta... Por isso devemos amar os outros como a nós mesmo. Deus é Pai. Mas não é só meu. 
Não percamos, portanto, a oportunidade de, curvados diante dele, dizer conscientemente: Pai N-O-S-S-O!
Fiquem com Deus meus irmãos,
Soli Deo Gloria

segunda-feira, 4 de abril de 2011

0

Abba Pai...

Por que razão o Senhor Jesus nos mandou orar chamando Deus de Pai? Você já pensou nisso? Este é um dos maiores privilégios que temos. Jesus nos ensina a chamar Deus como uma criança faz.
Quem já teve o privilégio de se tornar pai sabe da fragilidade do filho recém nascido. Totalmente dependente, o bebê precisa de todo o carinho e atenção. Ele não consegue sobreviver sem os cuidados dos pais.
Isso é interessante. Quando Jesus nos ensina a chamar Deus de Pai é com essa finalidade: de sermos totalmente dependente Dele, fazendo a sua vontade - que é boa, perfeita e agradável.
Um pai sempre quer o melhor para os seus filhos. Assim é Deus. Por mais que não entendamos o porquê de todas as provas e provações, devemos nos submeter a vontade soberana do Pai. Ele sabe o que é melhor para você.
Que privilégio que temos de ter o Soberano Deus, criador de todas as coisas, como Pai. É na intimidade que O conhecemos. Isso só foi possível, graças a Jesus Cristo que nos ligou ao Pai. O véu foi rasgado. Hoje podemos adentrar no Santo dos Santos e orar ao Pai.
Percebeu? Para chamarmos a Deus de Pai, foi necessário que Seu verdadeiro Filho morresse por nós! Não há maior privilégio, não há maior conforto, não há maior incentivo do que nos dirigirmos ao nosso Criador chamando-lhe de Pai. Aliás, usando a mesma palavra que as crianças de seu tempo usavam para chamar seus pais: abba.
Não percamos a oportunidade de, curvados diante Dele, dizer conscientemente: PAI!
Fiquem com nosso Papai,
Duanny Jorge

Todos os direitos reservados à Duanny Jorge. Tecnologia do Blogger.