segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

2

Marcas...

“Finalmente, ninguém me inquiete, pois trago no meu corpo as marcas de Jesus. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja, irmãos, com o vosso espírito. Amém” (Gl.6.17-18, CT)
Você já viu a marca no gado que identifica a propriedade? Um ferrete, com a sigla do dono, é registrado em cartório e os animais são marcados com ele, esse estigma é indelével (não se apaga). Isso diferencia as criações entre uma propriedade e outra. Você sabia que antigamente também existia algo semelhante?
O termo “marcas”, utilizada por Paulo, designa o ferro em brasa utilizado para identificar a propriedade sobre os escravos. Note que a técnica que conhecemos era usada em pessoas! Nas religiões pagãs também utilizava o “ferro em brasa” para marcar os seus sacerdotes mostrando quais deuses eles serviam. O apóstolo faz uma referência semelhante indicando às cicatrizes que adquiriu durante suas atividades missionárias como se fossem marcas com ferro, uma ilustração bastante pertinente para a sociedade escravocrata daquela época.
O apóstolo passou por apedrejamento (At 14.19), açoites (At 16.22, IICo 11.25), doenças (IICo 12.7, Gl 4.13-14). Mas porque todo esse sofrimento? Por que será que ele passou por tudo isso? O que o motivava a prosseguir apesar das “marcas”? A resposta estar em ser um discípulo de Jesus. A exemplo do Mestre, ele queria alcançar o maior número de pessoas com as boas novas.
Como discípulo fiel, obedecia o Senhor Jesus e era convicto participante da Graça de Cristo, abraçando o propósito de compartilhar a todos quantos podia sobre suas experiências com Deus. O mundo precisava participar dessa Alegria que um dia o havia alcançado. Ele entendeu o que é ser discípulo, pois agia como o Mestre Jesus – amava a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Estava tão disposto a divulgar a mensagem da Cruz que correu risco de morte, assim como muitos na história. Será que Cristo marcou seu coração desta forma? Ou será que existe outro tipo de marca em você?
É certo que o Senhor não o chamou para uma vida de penitência e sofrimento, porém é garantido que o Mundo não facilitará a passagem daquele que quer divulgar o amor de Cristo Jesus. Como recentemente ouvir uma pregação, o caminho é estreito, mas não está fechado! Será que você está disposto? Você não necessariamente irá enfrentar apedrejamento, açoites, doenças e coisas do gênero, mas e se fosse?


Pense Nisto
Se você verdadeiramente experimentou o Amor de Cristo, então seguramente não medirá esforços para que o seu próximo se volte para Deus, é um sentimento natural! Não dá para guardar essa experiência debaixo do colchão. Verifique hoje mesmo se Cristo Jesus é o Senhor da sua vida (o único).
Quem anda com Ele possui as Marcas da salvação.


Ore
“Maravilhoso Deus é indescritível o desfrutar de Tua presença. Conhecer o Senhor através de Seu Filho deixa marcas profundas de Amor. Não quero mais continuar o mesmo, quero ser transformado pela Tua Graça. Receba minha adoração. É pela fé na salvação que há em Jesus que oro. Amém”

2 comentários:

Sim Senhor, reconheço a Ti como meu único e suficiente Salvador e agradeço por ter a tua marca de amor. Transforma minha vida!

Amém! Que nós possamos ter as marcas de Jesus e vivermos a Sua Palavra diariamente. Fique com Deus.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Todos os direitos reservados à Duanny Jorge. Tecnologia do Blogger.