Escola Bíblica Discipulado

Venha estudar conosco a Verdade para a sua vida. Visão Holística. Todos os domingos as 10h na Comunidade Vida - Sede. Av. Castelo Branco, 466, São Francisco São Luís - MA - Brasil. Contato: (98) 3268-9378

Visão Holística do Livro de Romanos

A Epístola aos Romanos, é o sexto livro do Novo Testamento. É a primeira e a mais longa das Epístolas Paulinas, e é considerada a epístola com o "mais importante legado teológico".

Transformados pelo Espírito Santo

O Espírito Santo é que produz a salvação e a santificação no seu coração, pois Ele só fala de Jesus e revela o caráter de Deus a você (Romanos 5:5). É Ele quem dá intimidade com Deus. Adora-lO é obedece-lO.

Na caverna eu redescobri o meu refúgio!

Faça de Deus o seu refúgio! Deixe que Deus, não Saul, o cerque. Deixe que Ele seja o centro da sua vontade. Deixe enfim, que Ele seja o teto que proteje o ambiente da luz do sol, as paredes que detêm o vento, o alicerce sobre o qual você está.

As pedradas da vida

É no deserto das nossas vidas que Deus nos mostra o quão Ele é poderoso para fazer infinitamente mais! Neste artigo, encaro a difícil questão: Porque pessoas tão próximas são capazes de nos apedrejar?

quinta-feira, 26 de abril de 2012

0

Na mesma moeda



Leitura

“E começou Noé a cultivar a terra, e plantou uma vinha. Bebeu do vinho e embriagou-se ...”.
Gênesis 9.20-21a Contemporânea

Reflexão

“Aqui se faz, aqui se paga”. “O que fere com espada, com espada será ferido”. “Aquilo que plantar certamente colherá”. Já ouviu essas frases? Algum aspecto da sua vida faz uso destas palavras?
Acho que todos nós praticamos essas afirmações ao menos em alguns momentos da vida. Em certo sentido parece ser justo aplicá-las na vida dos outros, enquanto que nas nossas sempre existe um “veja bem” antes da sentença. Mas independente da forma como tratamos desta questão, você diria que o que você tem hoje, ou vive hoje, é culpa (ou mérito) de quem?
Assim que todos saíram da arca, após baixarem as águas do dilúvio, lemos uma sucessão de citações de bênçãos de Deus sobre a vida de Noé e sua família. Minha conclusão é que a prosperidade reinaria naquele novo começo. Tinha me esquecido que se tratava de seres humanos e que a disposição natural para o mal logo se revelaria.
Assim como Noé fez, nós também nos preparamos para pecar! Noé cultivou aquilo que um dia traria vergonha e discórdia dentro da própria família. Certamente nem imaginava o que viria pela frente, mas é desta forma que nos afundamos.
É o cultivo de um relacionamento sadio e continuo com o Senhor Jesus que nos ensina a separar o bom e o melhor. Qualquer um separa o certo e o errado, mas viver o que Deus planeja para cada um de nós exige zelo, disciplina e perseverança. Que fruto você espera colher do que está plantando nos dias de hoje?

Pense Nisto

A grande verdade é que o problema não é necessariamente o que plantamos, mas sim o que fazemos no presente com aquilo que temos nas mãos. Sua “capacidade” sob seu controle é limitado e perigoso, mas nas mãos de Deus o impossível acontece, deixe-O assumir o controle de sua vida! Em Cristo Jesus você desfrutará não só de um futuro de Paz, mas de uma eternidade com o Pai. Busque o Projeto que Ele tem para você.

Ore

“Meu Senhor e meu Deus sei que falta maturidade em várias áreas de minha vida e faço o que não devo. Algumas vezes peco contra o Senhor de forma consciente. Perdoa o meu pecado Senhor. Quero gerar bons frutos para que o Senhor seja honrado através de minha vida. Tenha misericórdia de mim e me ajude a perseverar nos Teus caminhos. É em Nome do Senhor Jesus que oro. Amém”

segunda-feira, 9 de abril de 2012

0

Águas Profundas

“As águas cresceram muito e inundaram toda a terra. A arca flutuava sobre as águas. E as águas subiram de tal forma sobre a terra que cobriram as mais altas montanhas que há debaixo dos céus”. Gênesis 7.18-19 Ciro Mioranza
Você já viu uma inundação? Provavelmente já viu pela TV! Mas e ao vivo e a cores?
Eu vi algumas pequenas regiões inundadas e o cenário era horrível. Pequeninos córregos com centenas de vezes mais volume de água do que o normal. Por onde a água passou o estrago era visível. Vidas totalmente destruídas e outras até mesmo ceifadas. Fico por imaginar o dano que “grandes” inundações podem causar.
Noé e sua família presenciaram uma grande inundação! Tão grande que até os dias de hoje ainda se especula sobre o alcance de tal destruição. Quase 7 metros acima dos mais altos montes, tanta água que um barco com 13,5 metros de altura navegava sem se encalhar. Ainda assim Noé não fitou os olhos nas circunstâncias ao seu redor, mas viu que a Arca dos Planos de Deus flutuavam sobre a face das águas. Deus sempre providenciou livramento para aqueles que são Seus.
Será que Noé ficava de dentro de Arca murmurando sobre o que acontecia ao seu redor? Ou será que ele louvava a Deus continuamente pelo livramento recebido? Seus olhos estão fixados nas águas turbulentas da vida que querem te afogar ou você é mais um passageiro no Barco de Deus?

Pense Nisto

Deus tem um plano de salvação para você! Ouça a voz do Espírito de Deus que lhe chama de volta, entre no Barco. É através da fé no Filho que Deus que você flutuará protegido, seguro na Esperança viva de uma eternidade com Ele. Nenhuma inundação de dificuldade e tribulação pode afogar os que estão firmados em Cristo Jesus.

Ore

“Soberano Deus fico maravilhado com o milagre da restauração que há na Pessoa de Jesus Cristo. Sinto-me frustrado e profundamente entristecido por ser tão pecador. Meus olhos me traem e me perco nas águas da maldade que há ao meu redor. Quero viver para Ti, ajuda-me Senhor. Por Jesus. Amém”

terça-feira, 3 de abril de 2012

0

Amizades...

“Não vos enganeis. As más companhias corrompem os bons costumes” I Coríntios 15.33, Ctp.
Você sabia que durante a festa anual da Páscoa, os israelitas removiam todo o fermento de suas casas? (Êx 12.15). Sabe-se que o fermento era usado como uma metáfora comum para alguma influência corruptora. Também é sabido que era símbolo de pecados como hipocrisia e maldades. Essa simbologia era tão forte que eles tinham o zêlo de não oferecer nenhum dos sacrifícios pelo povo de Israel com algo que contivesse fermento.
A lição de hoje é prática e simples, pois ela nos esclarece que facilmente somos influenciados pela companhias que temos. É assim que a palavra fermento ganha sentido neste contexto, pois é um exemplo de respeito das influências, de mudanças.
“Digas-me com quem andas e eu te direi se vou contigo”, é uma adaptação que achei bem oportuna. Em Provérbios 13:20 está escrito: “Quem anda com os sábios será sábio, mas os companheiros dos insensatos se tornarão maus”. Seguramente a companhia pode corromper todos os princípios adquiridos.
O Senhor Jesus nos ensina a amar aqueles que estão longe de Sua vontade a fim de ajudá-los a se reconciliarem com o Senhor Deus. Mas ele também nos adverte sobre o perigo de sermos influenciados pelo mundo. Devemos escolher com muito cuidado os nossos “amigos”!
O apóstolo Paulo se utiliza de uma citação grega, que era parte de uma Comédia. A intenção era utilizar uma linguagem conhecida pelos cristãos de Corinto para transmitir ensinamentos. Naquela comunidade havia ensinos contrários à ressurreição de Cristo. Paulo considerou importante ressaltar o perigo que há em manter proximidade dessas “más companhias”.
Alguém disse que “a amizade só existe entre os bons, e que entre maus há cumplicidade”. Assim, quem são os integrantes do seu grupo de convívio? Você verdadeiramente desfruta de uma amizade? Será que o Senhor se agrada da pessoa que você se torna (ou que já é) quando está com eles? Cuidado com o “fermento” e seja você aquele que influencia. Pense nisto.

Todos os direitos reservados à Duanny Jorge. Tecnologia do Blogger.